Ultimas Postagens

quinta-feira, 29 de março de 2018

Museu de Arqueologia de Xingó é alvo de bandidos que roubam armas, coletes e motos de vigilantes


O crime aconteceu durante a noite desta terça-feira, 27, bandidos amarraram vigilantes enquanto praticavam a ação criminosa.

Quatro homens fortemente armados e encapuzados invadiram o Museu de Arqueologia em Xingó (MAX), na noite da última terça-feira, 27, na cidade de Canindé do São Francisco – SE. Os bandidos levaram as armas e coletes dos vigilantes, além de duas motocicletas dos trabalhadores.

O crime aconteceu por volta das 23h, os elementos invadiram o museu e surpreenderam os trabalhadores que ficaram amarrados enquanto o grupo criminoso agia. A ação criminosa durou cerca de 10 minutos.

Após o crime os bandidos fugiram e os trabalhadores ficaram amarrados, depois de muito tempo eles conseguiram se livrar e acionaram uma equipe da Polícia Militar do 4º – Batalhão.

Buscas foram realizadas, mas ninguém foi preso. O museu pertence a Universidade Federal de Sergipe, criado no ano de 2000 com o objetivo de expor e preservar o patrimônio arqueológico de Xingó. O museu foi desenvolvido pela UFS em parceria com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed By