Ultimas Postagens

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

TJ-BA investe R$ 39 mil na compra de kits de clareamento para servidores

Lote total da licitação foi de R$ 241 mil e também inclui pastas de dente, fio dental, flúor e material odontológico

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) investiu R$ 39 mil na compra de kits de clareamento dentário para servidores do órgão, no último mês de agosto deste ano.  O lote total da licitação foi de R$ 241 mil e também inclui pastas de dente, fio dental, flúor e material odontológico como brocas e resinas.
A aquisição dos materiais odontológicos foi feita em razão do levantamento prévio das necessidades dos funcionários feito pelo núcleo de Planejamento Estratégico da Coordenação de Assistência Odontológica.
De acordo com a Corte baiana, o servidor que tiver interesse paga R$ 129 para ter o kit. Os magistrados e servidores precisam estar cadastrados na Coordenação de Recursos Humanos e no sistema de marcação de consultas do Centro Odontológico. Os funcionários têm a opção de colocar dependentes nos planos, cônjuges e filhos de até 24 anos.
Mais de quatro mil tubos de pastas de dentes foram comprados por R$ 15,3 mil. Foram licitadas a compra de 3 mil escovas dentais para adultos, 1,5 mil para crianças, mil unidades de fio dental, flúor e antisséptico, além de produtos para o funcionamento de unidade odontológica, como brocas, kits cirúrgicos e resinas.
O T J-BA informou que não oferece nenhum outro serviço de saúde e atendimento aos servidores, além da assistência odontológica dada pelo órgão. Os servidores e magistrados têm plano de saúde, com desconto na folha de pagamento. Os procedimentos de clareamento dental não são cobertos pelo plano por serem considerados estéticos.
O TJ-BA, informou ainda que o material foi comprado para ser oferecido aos mais de 8 mil servidores e juízes. O benefício, conforme o Tribunal, obedece a Resolução nº 207 de 15/10/2015  do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que instituiu a  Política de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed By