Justiça penhora herança milionária de Maluf para indenizar cidade de SP

 TJ-SP penhorou R$ 128,6 milhões em bens que ex-prefeito herdou da mãe para pagar condenação por gastos irregulares durante sua gestão

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) penhorou ao menos  R$ 128,6 milhões em bens herdados por Paulo Maluf. O valor deve ser usado para indenizar a cidade de São Paulo em condenação por gastos irregulares da época em que ele foi prefeito da capital paulista (1993-1996). A informação foi revelada nesta segunda-feira (31) pelo jornalista Rogério Gentile, do UOL.

Quando era prefeito, Maluf usou como símbolo das realizações de sua gestão a mesma marca de sua campanha eleitoral, um trevo de quatro folhas em forma de coração.

 A Justiça entendeu que esse uso feria os princípios de moralidade e impessoalidade da gestão pública. Por isso, o condenou a ressarcir os cofres da cidade.

Maluf argumentou na época que as marcas de campanha e do governo eram diferentes. Além disso, defendeu que o trevo de quatro folhas era símbolo de domínio público, que representava sorte, mas não colou.  Dessa condenação, não cabe mais recurso.

Agora, a defesa do ex-prefeito tentou argumentar que a herança deixada por Maria Estefno Maluf para o filho tinha uma cláusula de “impenhorabilidade”. Mas a Justiça avaliou que ela não se aplicava a esse caso. No entanto, para essa penhora Maluf ainda pode recorrer.

O valor a ser ressarcido pelo político à cidade ainda precisa ser calculado pela Justiça.

Com 88 anos, Maluf cumpre pena por lavagem de dinheiro, em uma condenação relacionada a desvios de recursos de obras de quando era prefeito. Ele está em prisão domiciliar.


Justiça penhora herança milionária de Maluf para indenizar cidade de SP Justiça penhora herança milionária de Maluf para indenizar cidade de SP Reviewed by Ednaldo Júnior on 07:20 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade