Censura: Flávio Bolsonaro apresenta notícia-crime contra William Bonner e Renata Vasconcellos

 O senador afirma que os apresentadores trouxeram novas informações sobre o caso das rachadinhas



O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) protocolou nesta sexta-feira (6) uma notícia-crime contra os jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos, âncoras do Jornal Nacional, da TV Globo. O filho do presidente Jair Bolsonaro afirma que houve “crime de desobediência” por parte dos jornalistas.

Segundo informações da jornalista Sofia Cerqueira, da Revista Veja, a defesa do senador alega que os apresentadores violaram a decisão judicial que impedia a veiculação de informações sobre o processo das rachadinhas da Alerj. A emissora deu destaque ao depoimento de Luiza Souza Paes, ex-funcionária fantasma do então deputado, confirmando a existência do esquema.

A defesa do senador, formada por Rodrigo Roca, Luciana Pires e Juliana Bierrenbach, ainda pediu que a TV Globo pagasse R$ 500 mil de multa por veicular novas informações sobre o caso.

Na quarta-feira, Flávio foi denunciado pelo Ministério Público (MP) por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O senador seria o líder do esquema de corrupção conhecido como “rachadinhas” montado em seu gabinete na época em que era deputado estadual. Segundo o MP, esquema, que seria conduzido pelo ex-assessor Fabrício Queiroz, consistia na apropriação dos salários de assessores, pagos com dinheiro público, e lavagem desses recursos através de uma organização criminosa.

Censura: Flávio Bolsonaro apresenta notícia-crime contra William Bonner e Renata Vasconcellos Censura: Flávio Bolsonaro apresenta notícia-crime contra William Bonner e Renata Vasconcellos Reviewed by Ednaldo Júnior on 09:04 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade