Bolsonaristas atacam a enfermeira Mônica Calazans, primeira vacinada do Brasil

 

Bolsonaristas criam dezenas de perfis fakes e reviram a vida de Mônica Calazans. Objetivo é caluniar a enfermeira e desqualificar a vacinação



Em menos de 24 horas, surgiram no Brasil centenas de perfis falsos no Twitter em nome da enfermeira Monica Calazans, 54, primeira brasileira imunizada contra a Covid-19 em território nacional.

A mulher, no entanto, nunca utilizou a rede social. “Eu tinha uma conta no Twitter que quase não usava”, disse. “Sempre usei mais Facebook e Instagram, mas nunca para propaganda política, e sim para colocar fotos em família, com amigos.”

Eleitores de Jair Bolsonaro estão atacando Monica nas redes, espalhando a informação de que ela não respeitava as regras de distanciamento social.

A assessoria do Hospital Emílio Ribas, onde trabalha Mônica, informou que em outubro ela foi à praia passar um único final de semana. “Ela entrou na água, tirou uma foto e não ficou na areia, mas já tem gente pegando as fotos e dizendo que ela não respeita o distanciamento social e que aglomera”, afirmou.

Monica Calazans diz que não imagina quem possa estar por trás das contas falsas e repudia a criação dos perfis fakes, e confirma que publicou a foto na praia.

“Já conversei com meu irmão, que é advogado, para já tomar as medidas cabíveis”, afirma. “Imagina se um desses perfis fakes começa a falar que estou passando mal por causa da vacina?”, questiona. A enfermeira faz questão de dizer que está se sentindo “muito bem” e que não sente dor nem da picada da injeção.

Perfis bolsonaristas fizeram questionamentos sobre sua participação nas pesquisas da CoronaVac em São Paulo, afirmando que ela “teoricamente estaria imunizada”.

De fato, Monica foi uma das voluntárias da pesquisa que desenvolveu a CoronaVac, mas ela foi escolhida para receber o imunizante no dia ontem porque seu organismo não desenvolveu anticorpos, indicando que ela provavelmente recebeu placebo, uma preparação sem efeitos farmacológicos.

Segundo o Butantan, 50% dos participantes da pesquisa tomaram o imunizante, enquanto a outra metade recebeu o composto sem efeito clínico.

“Desejo a quem faz esses perfis fakes que tenham Deus no coração. E também que me esqueçam”, diz Monica.

Bolsonaristas atacam a enfermeira Mônica Calazans, primeira vacinada do Brasil Bolsonaristas atacam a enfermeira Mônica Calazans, primeira vacinada do Brasil Reviewed by Ednaldo Júnior on 06:18 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade