Wajngarten foi lobista buliçoso, diz Otto após pedir reconvocação de ex-secretário em CPI

 

Senador quer acareação entre o ex-chefe da Comunicação do governo Bolsonaro e repórter da revista Veja




O senador Otto Alencar (PSD-BA, autor de um requerimento que pede a reconvocação de Fabio Wajngarten na CPI da Covid, afirmou não ter dúvidas de que do ex-secretário de Comunicação Social da Presidência da República atuava como lobista dentro da estrutura do governo federal.

Wajngarten foi acusado pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL) de mentir em depoimento no colegiado ao negar críticas ao ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a quem, em entrevista recente à revista Veja, acusou de “incompetência” em meio ao processo de aquisição de vacinas oferecidas pela farmacêutica Pfizer.

No requerimento protocolado por Otto, o senador baiano solicita uma acareação entre Wajngarten e o jornalista Policarpo Júnior, repórter da revista Veja, para que ambos prestem esclarecimentos sobre quais os nomes citados como “incompetentes e ineficientes” na estrutura organizacional do Ministério da Saúde.

“A situação que estamos vivendo, neste momento, em nosso País, de falta de vacina, sem dúvida nenhuma é resultado da política equivocada do governo federal. Na CPI, ouvimos o depoimento do presidente regional da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo. Ele confirmou ter sido o Fábio Wajngarten que provocou a empresa para compra de vacina”, escreveu Otto em suas redes sociais.

“Não tenho a menor dúvida: o ex-secretário de Comunicação do governo Bolsonaro funcionava como lobista buliçoso dentro da estrutura do Executivo federal. Wajngarten mentiu e será ouvido novamente pela comissão a meu pedido”, publicou o parlamentar.

Wajngarten foi lobista buliçoso, diz Otto após pedir reconvocação de ex-secretário em CPI Wajngarten foi lobista buliçoso, diz Otto após pedir reconvocação de ex-secretário em CPI Reviewed by Ednaldo Júnior on 09:46 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade