Augusto Aras envia ao TCU valores recebidos por procuradores na época da Lava Jato

 A equipe do procurador-geral da República, Augusto Aras, abriu dados da gestão de Rodrigo Janot


A equipe do procurador-geral da República, Augusto Aras, já enviou ao Tribunal de Contas da União (TCU) novos dados sobre o pagamento de passagens e diárias a procuradores da Operação Lava Jato, abrindo dados da gestão de Rodrigo Janot, um de seus antecessores no cargo, de acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Ainda segundo a coluna, o tribunal investiga o fato de procuradores que trabalhavam em Curitiba (PR) receberem diárias como se morassem em outra cidade e trabalhassem na capital do Paraná apenas transitoriamente —quando, na verdade, se estabeleceram na cidade, [assando a maior parte do tempo trabalhando nela.

Leia também: Aras pede que Moraes anule inquérito contra Bolsonaro por associar vacina à Aids

Conforme as investigações, uma situação permanente, de moradia, era tratada como transitória, já que os procuradores não tinham sido oficialmente transferidos para Curitiba e por isso recebiam as diárias.

O Ministério Público junto ao TCU concluiu que o modelo de funcionamento adotado pela força-tarefa não representou o menor custo possível para a sociedade brasileira. E disse que ele "resultou em interessante 'rendimento extra' em favor dos beneficiários, a par dos elevados valores das diárias percebidas".(bnews.com.br)

Augusto Aras envia ao TCU valores recebidos por procuradores na época da Lava Jato Augusto Aras envia ao TCU valores recebidos por procuradores na época da Lava Jato Reviewed by Ednaldo Júnior on 06:56 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade