Na ONU, Damares se recusa a falar com jornalista brasileiro e ameaça chamar segurança

 

Jamil Chade relatou incidente através de sua conta no Twitter



Após discursar durante a 49ª Sessão do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas, em Genebra, na Suíça, nesta segunda-feira (28), a ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, se recusou a falar com um jornalista brasileiro e ameaçou chamar a segurança.

“Na ONU, fui perguntar para Damares como ela considerava a questão do conflito na Ucrânia. Ela me respondeu que não falava comigo”, relatou Jamil Chade, em publicação no Twitter. “Quando eu perguntei o motivo de sua recusa, ela respondeu que se eu insistisse ela ‘chamaria a segurança’!”, contou o repórter.

Correspondente internacional, Jamil Chade tem acompanhado diversas missões brasileiras na Europa, a exemplo da participação do presidente Jair Bolsonaro na cúpula do G20, em Roma, na Itália, no ano passado. Na ocasião, o jornalista relatou com detalhes o isolamento do mandatário brasileiro junto aos outros líderes mundiais.

 

Na ONU, Damares se recusa a falar com jornalista brasileiro e ameaça chamar segurança Na ONU, Damares se recusa a falar com jornalista brasileiro e ameaça chamar segurança Reviewed by Ednaldo Júnior on 13:16 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade