HRAS MUDA PERFIL ASSISTENCIAL E PASSA A SER PORTA ABERTA PARA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

 

                   Foto: Márcio Ferreira

O Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS) mudou o perfil assistência nesta sexta-feira (11). A unidade de saúde, instalada em Delmiro Gouveia, deixou de atender somente os casos de Covid-19 e passou a funcionar como porta aberta para urgência e emergência. O govenador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, participaram da solenidade que marcou a nova etapa de funcionamento do HRAS.

A mudança do perfil assistencial do Hospital Regional do Alto Sertão se deu, sobretudo, em função da queda dos números da pandemia no Estado e da necessidade de se cumprir com o que fora estabelecido conceitualmente para o funcionamento do HRAS.

“Vamos hoje dar um passo fundamental. O hospital tava funcionando para atender as vítimas da Covid-19 e, agora, passa a funcionar com todos os seus serviços. Esse hospital passa, a partir de hoje, a ser a maternidade e o pronto socorro do Alto Sertão alagoano. Estou muito feliz com essa obra estruturante e decisiva para a melhoria da saúde pública do Alto Sertão de Alagoas”, declarou Renan Filho.

A unidade atende uma população de aproximadamente 161 mil pessoas, distribuída por sete municípios que integram a 10ª Região de Saúde: Delmiro Gouveia, Inhapi, Pariconha, Água Branca, Mata Grande, Olho D’Água do Casado e Piranhas.

“Teremos aqui um Centro de Diagnóstico e de produção de imagens de última geração”, destacou Renan Filho.

O HRAS foi inaugurado pelo governador de Alagoas no dia 21 de junho do ano passado. Foram investidos cerca de R$ 35 milhões na construção do equipamento. Desde sua abertura, o Hospital Regional do Alto Sertão se consolidou como unidade de referência na região para atendimentos exclusivos de casos de Covid-19, disponibilizando 10 leitos de UTI e 50 leitos clínicos.

Agora, o HRAS passa a ser porta de entrada para os casos de urgência e emergência, com a realização de procedimentos especiais invasivos e de emergência de alta complexidade. A estrutura conta com Centro Cirúrgico com quatro salas para cirurgias de grande, médio e pequeno porte, além de uma sala exclusiva para partos cirúrgicos.

O setor de internação terá capacidade total para 123 leitos. O hospital contará com o número total de 153 leitos, levando em conta 30 leitos transitórios de observação.

“O HRAS vai funcionar como porta aberta a partir de amanhã, com urgência e emergência 24 horas”, informou o secretário Alexandre Ayres. Ele explicou, ainda, que a dimensão do HRAS é semelhante à dos hospitais já entregues pelo Governo do Estado, a exemplo do Regional da Mata, em União dos Palmares; e do Regional do Norte, em Porto Calvo.

“A gente fala em mil profissionais, mil empregos gerados aqui. Uma exigência do governador Renan Filho foi que os novos servidores públicos, aprovados no concurso da Sesau, sejam também inseridos na estrutura do Hospital Regional do Alto Sertão”, afirmou Ayres.

Presente à solenidade, a prefeita de Delmiro Gouveia, Ziane Costa, falou da importância da mudança de perfil do HRAS para a região.

“Vivemos a 300 km da capital (Maceió) e a 180 km de Arapiraca. Então, quem vive aqui sabe, de fato, a magnitude de uma obra  dessa. A gente tem que agradecer ao governador que teve esse olhar. Foi Deus que o abençoou com esse olhar, não só para Delmiro, não só para o Sertão, mas para toda a Alagoas. Só tínhamos o HGE e hoje temos vários hospitais e ainda outros em construção”, declarou Ziane Costa.

Os secretários de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques; e da Ciência e Tecnologia, Silvio Bulhões, participaram da solenidade, que foi prestigiada também por deputados, prefeitos de municípios da região, dentre outras autoridades.

Por Severino Carvalho 

HRAS MUDA PERFIL ASSISTENCIAL E PASSA A SER PORTA ABERTA PARA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA HRAS MUDA PERFIL ASSISTENCIAL E PASSA A SER PORTA ABERTA PARA URGÊNCIA E EMERGÊNCIA Reviewed by Ednaldo Júnior on 06:53 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade