'O Supremo é a última linha de defesa da democracia', diz jornalista

 Florestan Fernandes analisou a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes em bloquear o uso do Telegram no Brasil



O jornalista Florestan Fernandes, em participação no programa Bom Dia 247 deste domingo (20), analisou a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes em bloquear o uso do Telegram no Brasil e elogiou a postura da Suprema Corte.

De acordo com o jornalista, "o Supremo é a última linha de defesa da democracia". "O Congresso se vendeu ao Bolsonaro", completou.

"Há uma polêmica em relação ao uso da censura, o problema é que o Telegram não possui sede nem representação nos países, então ali pode tudo, inclusive pessoas ligadas ao crime organizado e grupos bolsonaristas", completou.

Ele ainda ressaltou que "o STF está preocupado com o que vai acontecer nas próximas eleições, sabendo o que ocorreu nas propagação de mentiras em 2018".


Por Brasil 247


'O Supremo é a última linha de defesa da democracia', diz jornalista 'O Supremo é a última linha de defesa da democracia', diz jornalista Reviewed by Ednaldo Júnior on 07:11 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade