Ministros do STF manobram para isolar André Mendonça em ação de Daniel Silveira

 

Maioria tende a acompanhar o relator, Alexandre de Moraes, que será o primeiro a votar pela condenação do parlamentar por ameaças ao STF.

Jair Bolsonaro e Daniel SilveiraCréditos: Reprodução Twitter



Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF)  já preparam uma estratégia para isolar o bolsonarista André Mendonça no julgamento da ação penal contra o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), marcado para esta quarta-feira (20). 
A ideia, segundo reportagem do UOL é antecipar os votos caso André Mendonça peça vistas e suspenda o julgamento da ação penal, já que a maioria dos ministros tende a acompanhar o relator, Alexandre de Moraes, que será o primeiro a votar pela condenação do parlamentar por ameaças ao STF . 

Do outro lado, o  presidente Jair Bolsonaro (PL) já transmitiu o recado para André Mendonça e Kassio Nunes, indicados por ele à Suprema Corte, de que espera "lealdade" de ambos no julgamento do deputado Daniel Silveira (União Brasil). 
presidente quer que um deles peça vista do processo, dessa maneira, o julgamento é suspenso e Daniel Silveira ganharia tempo para  participar das eleições deste ano, na qual pretende disputar o Senado pelo Rio de Janeiro. 
Porém, se o deputado for condenado pelo STF será enquadrado na Lei da Ficha Limpa e ficará inelegível. 


Silveira foi preso em fevereiro de 2021, depois de divulgar um vídeo com ameaças aos ministros do STF. O bolsonarista passou por regime domiciliar, acabou solto em novembro, mas ficou submetido a uma série de medidas cautelares, como proibição de acesso às redes sociais e de contato com outros investigados nos inquéritos das fake news e das milícias digitais.
Mesmo assim, o deputado voltou a atacar o STF. Disse, inclusive, que “está ficando complicado” para Moraes continuar vivendo no Brasil.

No dia 26 de março, o ministro determinou o uso de tornozeleira eletrônica pelo deputado e o proibiu de participar de eventos públicos. Porém, o bolsonarista declarou que não cumpriria a determinação.
Ele passou a noite no plenário da Câmara dos Deputados, argumentando que a polícia não poderia forçá-lo a colocar a tornozeleira sem autorização de Arthur Lira (PP-AL), presidente da Casa.

Depois da nova decisão de Moraes, Silveira resolveu voltar para casa e compareceu à Superintendência Regional da Polícia Federal no Distrito Federal para instalação da tornozeleira eletrônica.

Por revistaforum.com.br


Ministros do STF manobram para isolar André Mendonça em ação de Daniel Silveira Ministros do STF manobram para isolar André Mendonça em ação de Daniel Silveira Reviewed by Ednaldo Júnior on 05:24 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade