Félix admite que PDT deve ficar fora da chapa de ACM Neto

Aos interlocutores, o deputado Marcelo Nilo tem dito que ser vice é seu “único plano”


Foto: Reprodução / Google fotos


 Por Rodrigo Daniel Silva

Presidente do PDT na Bahia, o deputado federal Félix Mendonça Júnior admitiu que o seu partido deve ficar de fora da chapa de ACM Neto (União Brasil) para disputar o governo da Bahia nas eleições deste ano.

"Meu nome está fora da disputa (pela vaga de vice-governador), por decisão própria, e Léo Prates nunca entrou na disputa. Então, provavelmente o PDT não irá compor a chapa (de ACM Neto)", admitiu Félix.

Com a saída do PDT da briga pela vaga de vice-governador, o Republicanos - partido ligado à Igreja Universal do Reino de Deus - é favorito para ocupar o espaço. O partido tem duas indicações: os deputados federais Marcelo Nilo e Márcio Marinho.

Além disso, o ex-prefeito feirense José Ronaldo sonha em ser o vice de ACM Neto, mas as chances são consideradas remotas já que não haveria espaço para dois integrantes do União Brasil na mesma majoritária.

Briga pela vice

Os nomes mais cotados hoje para a vice de ACM Neto têm "marcado em cima" o pré-candidato a governador pelo União Brasil. Os deputados federais Márcio Marinho e Marcelo Nilo, do Republicanos, e o ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo (União Brasil) têm marcado presença em quase todos os eventos do ex-prefeito soteropolitano no interior baiano.

O trio desembarcou, com Neto, em Vitória da Conquista, e visitaram as cidades de Poções, Planalto e Boa Nova na semana retrasada. Marinho começou a "colar" em ACM Neto na semana retrasada e avisou a campanha do ex-prefeito que, a partir de agora, participará de todos os eventos quando puder.

Já Nilo tem "colado" no pré-candidato ao governo desde o dia 26 de março. "Um dia histórico em Santa Maria da Vitória. Pela primeira vez, subi no palanque com o pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto", registrou ele, em uma publicação no Twitter.  

Aos interlocutores, Nilo tem dito que ser vice é seu "único plano", e não tem trabalhado com outra hipótese. Apesar de estar com frequência com ACM Neto, ele tem evitado, no entanto, tocar no assunto para "não parecer que está pressionando" o ex-prefeito soteropolitano, segundo disseram os aliados do deputado.

No caso do ex-prefeito feirense, ele tem acompanhado Neto desde as primeiras viagens do ex-prefeito ao interior no início do ano passado. As chances dele ser o vice, porém, são consideradas remotas, já que, segundo o próprio ACM Neto, é muito difícil colocar dois nomes do União Brasil na mesma chapa.

Félix admite que PDT deve ficar fora da chapa de ACM Neto Félix admite que PDT deve ficar fora da chapa de ACM Neto Reviewed by Ednaldo Júnior on 06:56 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade