Ultimas Postagens
.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Aonde vamos chegar?


A discussão entre os vereadores Dinho e Antônio Alexandre, na sessão legislativa do dia 28, quando quase se agrediram fisicamente, é um prenúncio do que deverá ocorrer nas eleições do próximo ano caso não haja respeito e um mínimo de civilidade por parte dos políticos e correligionários das mais diversas agremiações políticas.

Com um modo provinciano de se fazer política, Paulo Afonso vive, hoje, talvez, um dos piores momentos da sua breve história político-partidária. Há uma desmensurada falta de respeito aos valores éticos e morais que desemboca em intempestivas ofensas pessoais.

Paira nos céus do município uma nebulosa sensação de que o pleito eleitoral de 2012 se dará sob o pernicioso jogo de se fazer juízo moral através de levianas e demagógicas afirmações, o que caracteriza o arremedo moral no qual se apóiam os nossos homens públicos.

As últimas sessões legislativas têm ilustrado muito bem o fervor com qual protagonistas e coadjuvantes da cena política municipal vem desempenhando seus papéis. Os irmãos Maciel mostraram disposição e união em suas recentes querelas com o vereador líder da bancada da situação, Antônio Alexandre e com a Secretária Municipal de Planejamento, Patrícia Alcântara.

Outro caso que tem aguçado os ânimos políticos foi a defenestrada nota de repúdio publicada e assinada pelo ex-vereador Delmiro do Bode, através da qual cita o deputado Paulo Rangel como um bêbado de atitudes covardes e irresponsáveis.

Fechando o agitado mês de novembro no cenário político pauloafonsino, auditores fiscais do Tribunal de Contas do Estado, atendendo denúncias impetradas pelo vereador Daniel Luiz, estão auditando contas da Câmara Municipal Legislativa do período presidido por Antônio Alexandre.

Xingamentos e acusações à parte, é preciso que haja um mínimo de respeito entre as partes titulares desse processo político-eleitoral (ou eleitoreiro) e, acima de tudo, ao eleitor posto que este, é o único que tem, através da sua razão prática alicerçada no voto, a possibilidade de endossar alguma moralidade neste cenário de província.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed By