Ultimas Postagens
.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Utopia ou ingenuidade?


O vereador Gilson Fernandes (PSB) usando o tempo que lhe confere o grande expediente, disse na sessão legislativa do dia 16 que os vereadores precisam se unir em torno de uma candidatura única a prefeito e o candidato seria um dos vereadores, pois, segundo Gilson, é preciso que os parlamentares municipais se façam respeitar e se imponham diante dos caciques políticos. “Nós sempre balançamos a cabeça como se fossemos lagartixas, são sempre os líderes políticos que decidem e nós os acompanhamos,” falou o vereador.

Gilson Fernandes acredita que entre os vereadores pode haver perfeitamente um nome de consenso que, com o apoio dos demais colegas, estaria apto a disputar a cadeira executiva.

O problema é que a maioria dos vereadores está ligada a um determinado grupo político onde enxergam ali uma maior possibilidade de reeleição. Os vereadores da bancada da situação estão todos sob o aparato da máquina administrativa o que lhes dá, pelo ao menos hipoteticamente, alguma força para disputarem o pleito.

Do outro lado, na bancada de oposição, apenas Celso Brito, Coriolano, Daniel e o próprio Gilson têm maiores poderes de barganha pelo fato de não estarem sob as asas de nenhum alcaide político local, porque Aroldo, Ozildo e Dinho respondem ao deputado federal Mário Negromonte o que, em tese, torna difícil de concretizar-se o desejo de Gilson Fernandes.

Portanto, me parece utópico, além de ingênuo, esse desejo do vereador Gilson mesmo porque existe, no Brasil, uma cultura viciada de sempre dizer amém aos caciques políticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed By