Ultimas Postagens

domingo, 2 de setembro de 2018

Acusado de matar a esposa em Água Branca vai a júri na terça (4)



Denúncia afirma que o réu discutiu com a mulher em sua casa, quando disse a ela que se não houvesse reconciliação, ele seria capaz de atirar 

A Comarca de Água Branca leva a julgamento o réu Hélio Marques, acusado de assassinar a tiros a esposa, após uma discussão sobre o relacionamento, em 22 de abril de 2015. O juiz Filipe Ferreira Munguba conduzirá o júri popular, na próxima terça-feira (4), às 13h.
A denúncia do Ministério Público afirma que o réu discutiu com a mulher, Erivânia Maria Lima Marques, em sua casa no Centro de Água Branca, quando disse a ela que se não houvesse reconciliação, ele seria capaz de atirar. Neste momento, teria efetuado os disparos contra a vítima e em seguida atentado contra si mesmo.
Em interrogatório, Hélio Marques alegou que a agressão foi acidental, o que retiraria a competência do Tribunal do Júri para decidir sobre o caso. No entanto, a decisão de pronúncia destaca que a vítima foi atingida por mais de um disparo. O réu será julgado por homicídio qualificado por motivo fútil.
Durante o processo, a defesa alegou a insanidade mental do acusado. Em uma ação judicial à parte, a Justiça concluiu que o réu não tem nenhum transtorno mental.

Diretoria de Comunicação - Dicom TJAL – I

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed By