Ultimas Postagens

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Ministério Público vai investigar denúncia de ameaça e perseguição no HNAS





As denuncias de ameaças e perseguições no Hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso não são nenhuma novidade. Em  2013 o então  presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Saúde de Paulo Afonso e Região (Sindesspar), Valdir da Silva (falecido),  já denunciava as ameaças e o descaso que sofriam os técnicos de enfermagem e os auxiliares, dentro do HNAS.  
Agosto de 2018. De acordo com uma fonte, os técnicos de enfermagem e  servidores de menor patente, estão se sentindo ameaçados com as declarações da enfermeira chefe daquela unidade de saúde.
Ainda segundo essa fonte, “Agora, os trabalhadores estão sendo coagidos, estão sofrendo assédio moral. Eles são diariamente obrigados a votar no deputado federal Lucio Vieira Lima (MDB). Estão sendo tratados na base da ameaça e quando fazem qualquer tipo de questionamento são ameaçados de demissão”, afirmou.
Esta semana vazou que cinco funcionários serão demitidos, sem motivo aparente. Os servidores estão indignados com a pressão exercida.
A fonte informou ainda que o Ministério Público foi acionado na tentativa de resolver o problema. “É inadmissível que pessoas sem qualquer vinculo empregatício com a Chesf tenham esse privilégio de nomear pessoas para perseguir servidores meramente porque não votam em seus “patrões”.
O HNAS não corre o risco de fechar, mas tá virando a casa da mãe Joana.  É preciso dar um basta nisso.”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed By