Perdida no Caos, SEDES desvia sua finalidade


Sem um comando eficiente, falta de conhecimento e inovações, a SEDES (Secretaria de Desenvolvimento Social) gasta seus recursos, que deveriam ser aplicados no amparo e apoio social, investindo em propaganda, toldos e outras superficialidades.

Enquanto isso, os vários setores considerados vulneráveis ou merecedores de atenção especial sofrem com o descaso.

Idosos, crianças, pessoas com deficiência, desempregados e desalentados, além da população em situação de vulnerabilidade social, passam por dificuldades diversas nesse momento difícil da Pandemia.

Como se não bastasse o descaso na Educação que deixou crianças sem merenda e com aulas virtuais que não passaram de enrolação para cumprir metas, a SEDES completa o caos.

Só distribuir quentinhas no restaurante popular e colocação de placas nas ruas não trarão prêmios ou reconhecimento de bons trabalhos.

Na eleição passada, o assistencialismo (e não assistência social) imperou. Entrou 2021 deixando muito a desejar.

Esse ritmo em passo de tartaruga teve início com a saída da ex-secretária Ana Clara Moreira, que durante mais de oito anos deu um ritmo ao desenvolvimento social, que se tornou marca no governo anterior.

Muito poderia ser feito, no atendimento social e psicossocial, segurança alimentar, atividades terapêuticas e ocupacionais, porém a Secretária Cíntia Roseno (nora do prefeito), prefere aplicar milhares de reais em propaganda (que é atribuição da Assessoria de Comunicação) e gastando fortunas em toldos, mídias eletrônicas e painéis de LED.

Creio que está na hora da Casa dos Conselhos puxar a orelha da secretária, e o Ministério Público ver como realmente estão sendo aplicados as verbas destinadas ao Covid naquela pasta.

Perdida no Caos, SEDES desvia sua finalidade Perdida no Caos, SEDES desvia sua finalidade Reviewed by Ednaldo Júnior on 07:39 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade