Bolsonaro pretende indicar André Mendonça ao STF apesar de bombardeio do Centrão

 

Presidente estuda insistir no nome do advogado-geral da União no lugar do ministro Marco Aurélio de Mello





Apesar da pressão que vem sofrendo por parte do Centrão, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pretende insistir no nome do advogado-geral da União, André Mendonça para ocupar a vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) que surgirá com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello no dia 5 de julho.

Bolsonaro te maté o fim da próxima semana para bater o martelo sobre sua indicação. Enquanto isso, Mendonça segue sendo bombardeado por integrantes do Centrão. Contudo, por ser evangélico, reúne o apoio de agremiações religiosas, condição colocada pelo próprio Bolsonaro para a próxima indicação à Corte.

Caso insista na indicação do nome de Mendonça, o presidente pode ter problema no Congresso. Mas ele tem demonstrado disposição, até agora, para enfrentar os dissabores que ela pode causar.

A possibilidade de Mendonça ser vetado pelos senadores é considerada improvável, segundo a coluna de Mônica Bergamo, da Folha. Contudo, abriria caminho o presidente indicar um nome fora do perfil prometido aos religiosos.

Bolsonaro pretende indicar André Mendonça ao STF apesar de bombardeio do Centrão Bolsonaro pretende indicar André Mendonça ao STF apesar de bombardeio do Centrão Reviewed by Ednaldo Júnior on 05:08 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade