Renan Filho reage ao novo Bolsa Família que inviabiliza creches públicas



O governador Renan Filho (MDB) usou suas redes sociais para criticar o novo programa Bolsa Família anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que deve entrar em vigor já em julho deste ano. A minuta da Medida Provisória prevê acabar com as verbas destinadas à ampliação das creches públicas para crianças em situação de vulnerabilidade social em troca do aumento no valor da bolsa.

O governo prevê a criação de um ‘auxílio creche’ no valor de R$ 250,00 para ser utilizado em creches privadas. Contudo, a família só receberia esse valor mensal se deixar o programa Bolsa Família. Na prática, o governo pretende acabar com a política implantada pela ex-presidente Dilma, o Brasil Carinhoso, que financia a expansão de vagas de creches destinadas às crianças de família atendidas pelo Bolsa Família.

Para o chefe do Executivo alagoano, o novo modelo “abalará as bases da educação infantil dos mais pobres”. E defende: “Nada é mais importante para uma mãe carente quanto uma vaga em creche pública”.

Para atender a este segmento da sociedade, o governo do Estado lançou o programa Cria, que concede o benefício de R$ 100,00 para gestantes e famílias em situação de pobreza extrema. O projeto ainda prevê o aparelhamento de 200 creches para mais de 40 mil crianças do Estado.

Renan Filho reage ao novo Bolsa Família que inviabiliza creches públicas Renan Filho reage ao novo Bolsa Família que inviabiliza creches públicas Reviewed by Ednaldo Júnior on 06:39 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade