Conseg instaura procedimento administrativo para apurar conduta de tenente-coronel da PM



O Conselho Estadual de Segurança Pública de Alagoas (Conseg-AL) vai instaurar um procedimento administrativo para apurar a conduta do tenente-coronel da Polícia Militar, Marcos Vanderlei. Ele será investigado por uma publicação feita no Instagram contra o governador Renan Filho (MDB). 


O policial publicou nos stories da sua rede social uma crítica ao chefe do executivo estadual. Marcos Vanderlei compartilhou uma publicação em que o governador informa que Alagoas não seria sede da Copa América e escreveu a seguinte frase: “Você é um verdadeiro hipócrita, você deveria era terminar o seu mandato calado que seria mais bonito”. 


Na minuta publicada na quinta-feira (10), o Conseg informa que vai investigar “a possível prática de transgressão disciplinar por integrante dos órgãos de segurança pública”. Será instaurado procedimento de Reclamação Disciplinar, com o objetivo de apurar a conduta, nos moldes previsto no Regimento Interno.


O Regulamento Disciplinar da Polícia Militar de Alagoas prevê que é passível de punição o integrante da corporação que criticar publicamente ato de superior ou ofender a dignidade e o decoro. De acordo com o Código Penal Militar, criticar o ato de superior pode resultar em pena de detenção de dois meses a um ano.

Conseg instaura procedimento administrativo para apurar conduta de tenente-coronel da PM Conseg instaura procedimento administrativo para apurar conduta de tenente-coronel da PM Reviewed by Ednaldo Júnior on 15:16 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade