Wassef é barrado no STF por não apresentar comprovante de vacina contra Covid

 Advogado participaria presencialmente de julgamentos relacionados ao senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ)



O advogado Frederick Wassef foi impedido de entrar no STF (Supremo Tribunal Federal), na quarta-feira (1º), por não apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19, conforme exigido desde outubro deste ano pela corte.

Segundo o portal UOL, Wassef iria participar presencialmente de julgamentos na Segunda Turma do Supremo relacionados ao senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ). Em decisões do colegiado, foram anuladas provas contra o senador no caso das 'rachadinhas', assim como foi mantido seu foro privilegiado.

Em nota, o STF disse que Wassef foi informado por seguranças "de que poderia participar de forma online da sessão de julgamento" e "foi "receptivo às regras".

"O advogado Frederick Wassef não foi autorizado a ingressar nas instalações do STF na tarde desta terça-feira (30) por não apresentar o comprovante de vacinação, exigido a todos que frequentam o tribunal, conforme o artigo 4º da Resolução 748/2021", diz a nota.

O UOL diz que procurou o advogado, mas ele disse que não comentaria o assunto naquele momento.(metro1.com.br)

Wassef é barrado no STF por não apresentar comprovante de vacina contra Covid Wassef é barrado no STF por não apresentar comprovante de vacina contra Covid Reviewed by Ednaldo Júnior on 05:46 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade