Ultimas Postagens
.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Moto Energia: meu evento, minha vida

A baixeza da prefeitura não tem limites e seu autismo social destrói a tudo e a todos. O modo de gestão do atual governo é defasado e não sabe como lidar com a autonomia dos movimentos sociais. A usurpação do Moto Energia pela prefeitura dá a exata medida do espírito dominador e corporativista desta gestão.

Planejamento estratégico visando o desenvolvimento do município definitivamente não existe, mas quando se trata de planejar a derrocada de qualquer agente social que busca tão somente contribuir com o avanço econômico, cultural ou artístico do município, o Poderoso Chefinho se mostra um verdadeiro expert nessa arte.

Recentemente um membro do grupo folclórico Cangaceiros manifestou publicamente sua insatisfação com a forma através da qual a prefeitura trata a entidade de caráter cultural.

Grupos de artes cênicas e outros tantos movimentos artísticos também expressaram insatisfação com o despotismo da prefeitura.

Á frente do Moto Energia desde sua criação, o Moto Clube Cavalo Doido sempre conduziu com excelência o evento, até que o ano passado a prefeitura resolveu vociferar seu Ad hominem contra Kleiton Ferraz, um dos mais empenhados realizadores do evento.

Não sei se a atitude da prefeitura foi de pura conveniência ou apenas e tão somente levar água para seu moinho e, assim, manter-se firme no seu protagonista papel de dominadora como sempre tem sido.

O fato, é que a PMPA com seu absolutismo medieval aliado ao contrassenso da Associação dos Motociclistas de Paulo Afonso (AMOPAF), conseguiu afastar o Cavalo Doido. A ingenuidade da AMOPAF lhe custaria caro e não tardou para que a associação descobrisse isso. A prefeitura agradeceu o apoio que recebeu, mas, como dizia Freud, o agradecimento envelhece rapidamente.


É verdade que o Cavalo Doido e a AMOPAF sempre se arranharam, mas a causa exigia união de forças e a insensatez da AMOPAF, deixando-se iludir pela falsa retórica do poder executivo, fez com que a associação desse um tiro no pé e quem dá tiro no pé não ajuda sua causa, apenas fica mancando e é o que está acontecendo agora, a prefeitura deu um chega pra lá na AMOPAF também e reina absoluta como dona de um evento que nunca lhe pertenceu.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed By