Novo Escândalo na Prefeitura de Paulo Afonso

Segundo nova denúncia feita no programa Radar da Rádio Angiquinho, a Prefeitura de Paulo Afonso na Bahia teria realizado um contrato no valor de R$ 2 milhões de reais para a compra de medicamentos a uma pessoa que nem seria sócio, nem representante da empresa vencedora da dispensa de licitação.

O contrato teria sido assinado no dia 17 de abril, e o prefeito Luiz de Deus teria autorizado o primeiro pagamento já no dia 28 do mesmo mês. Até o dia 15 de maio, menos de um mês após o início da prestação dos serviços, a prefeitura já teria pago o equivalente a R$ 632.000,00 (seiscentos e trinta e dois mil reais).

 Um fato inusitado chamou a atenção que gerou a denúncia. É que só no dia 04 de junho a prefeitura publicou o contrato e teria recebido uma procuração dando poderes a pessoa que assinou o contrato para representar a empresa.

Para complicar ainda mais, a denúncia informa que este contrato foi feito com uma única cotação de preços para a compra de medicamentos.
Novo Escândalo na Prefeitura de Paulo Afonso Novo Escândalo na Prefeitura de Paulo Afonso Reviewed by Ednaldo Júnior on 16:52 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade