Suplente, filha de Fernandinho Beira-Mar assume vaga após assassinato de vereador

 

Vereador é morto e filha de Fernandinho Beira-Mar assume vaga em Caxias






vereador Danilo Francisco da Silva, o Danilo do Mercado, de 53 anos, foi assassinado na rua, em Duque de Caxias, na tarde de quarta-feira, 10. O parlamentar estava acompanhado pelo filho, Gabriel Francisco Gomes da Silva, de 25 anos, que também foi morto. Os criminosos atiraram e conseguiram fugir de carro. Desde 2018, pelo menos 24 políticos foram assassinados no Estado do Rio de Janeiro.

O crime ocorreu na praça Jardim Primavera, nas imediações da alameda Américo Campos, no bairro Jardim Primavera. Pai e filho haviam almoçado em um restaurante, saíram do estabelecimento e estavam a caminho do automóvel quando foram atacados. A Polícia Civil recolheu imagens de câmeras de segurança das imediações e tenta identificar os atiradores.

Nas imagens é possível ver dois homens se aproximando do vereador logo após ele sair do restaurante. Segundo o RJ TV, os bandidos pediram a uma mulher que acompanhava o parlamentar para se afastar e dispararam os tiros. Um terceiro assassino correu em direção de Gabriel Francisco e executou o rapaz. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

A Câmara Municipal de Duque de Caxias lamentou a morte do político por meio de uma nota de pesar nas redes sociais.

Já o prefeito Washington Reis disse que “se solidariza com os familiares e amigos pelo falecimento” do vereador e do filho. A prefeitura de Caxias decretou luto oficial de três dias.

Segundo a Polícia Civil, o parlamentar era investigado por supostos crimes de homicídios, formação de milícia e grupo de extermínio, grilagem de terras, extorsão e ameaça. Em um dos casos, Danilo foi acusado de ser o mandante da morte de três homens, atacados em junho de 2020 no Parque Santa Lúcia. Dois morreram e o terceiro sobreviveu.

Em novembro, Danilo foi eleito vereador com 6.080 votos. Ele já havia disputado a eleição anterior, tornou-se suplente e chegou a ocupar o cargo de vereador. Em 2020 tornou-se titular.

Com a morte de Danilo, assumiu a vaga de forma definitiva como vereadora a dentista Fernanda Izabel da Costa, filha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar. Ela já ocupava uma vaga na Câmara, substituindo um vereador que assumiu uma secretaria municipal de Duque de Caxias.

Com 3.999 mil votos na última eleição, a dentista é a primeira suplente do MDB e ocupava temporariamente a vaga do vereador Sandro Lélis, que foi nomeado, em janeiro, como secretário de Serviços Públicos.

Agora, ela ocupará uma cadeira na Câmara de maneira definitiva. Como segundo suplente do partido (vereador Alex da Juliana do Táxi) também já ocupava uma vaga temporária, o lugar que era ocupado anteriormente pela dentista passará para terceira suplente Rosinha Lima. As posses das duas parlamentares estão marcadas para ocorrer na próxima quarta-feira (17).

Fernanda Izabel da Costa (Imagem: arquivo pessoal)
                                                  


Suplente, filha de Fernandinho Beira-Mar assume vaga após assassinato de vereador Suplente, filha de Fernandinho Beira-Mar assume vaga após assassinato de vereador Reviewed by Ednaldo Júnior on 06:36 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade