Cartão Escola 10 vai injetar 165 mil salários mínimos na economia, anuncia governador


Governador Renan Filho e secretário Rafael Brito detalharam cronograma de pagamento e regras do Cartão Escola 10.Governador Renan Filho e secretário Rafael Brito detalharam cronograma de pagamento e regras do Cartão Escola 10./Márcio Ferreira


O maior programa de repasse de recursos da educação no Brasil, o Cartão Escola 10, irá impactar a economia alagoana com uma grande injeção neste final de ano com o pagamento do benefício para alunos do ensino médio da rede estadual de ensino. Ao todo, serão R$ 165 milhões que começam a ser depositados nas contas dos alunos ou seus responsáveis legais a partir do próximo dia 27 e equivalem a cerca de 165 mil salários mínimos.

O cronograma de pagamento do Cartão Escola 10 foi anunciado pelo governador Renan Filho e pelo secretário de Estado da Educação, Rafael Brito, em live transmitida na manhã desta quarta-feira (22) pelas redes sociais do Governo de Alagoas. Serão dois calendários distintos: um para quem já possui conta poupança social digital da Caixa Econômica Federal e outro para quem ainda vai abrir a conta. Ao todo, 116 mil estudantes serão contemplados com o benefício, sendo que 50% já possuem a conta da Caixa e estão aptos a receber a partir do dia 27.

“Esse programa vai ser revolucionário para Alagoas, um estímulo e uma valorização do estudante. É mais um passo para a nossa educação, porque já avançamos bastante na melhoria da infraestrutura física das escolas; criamos um novo ambiente pedagógico, com o Escola 10; valorizamos os professores e demais profissionais, com o novo Plano de Cargos e Salários, e agora lançamos o Cartão Escola 10 para, nesse retorno das aulas presenciais, reduzir ao máximo a evasão escolar, bonificando aquele aluno que conclui o nível médio”, declarou Renan Filho.

O secretário Rafael Brito reforça que o Cartão Escola 10 é um reconhecimento ao comprometimento dos estudantes em um ano difícil. “Mesmo em meio a uma pandemia e com todas as limitações impostas por ela, vocês focaram no estudo e, quando chegou o momento do retorno presencial, voltaram às escolas. Este prêmio é para vocês, que são heróis e não se intimidaram frente a um cenário tão desafiador. Pois entendemos que, quando investimos na Educação, investimos em uma Alagoas melhor no futuro”, frisou Brito.

Ainda de acordo com o secretário Rafael Brito o valor dos benefícios pode chegar a R$ 2.600. “Para o ano letivo 2021, nós teremos a bolsa permanência de R$ 100 para quem teve frequência escolar superior a 80%, bonificação de R$ 500 para quem voltou às aulas presenciais e de R$ 2 mil para os concluintes do ensino médio. O aluno que se encaixar nestes três requisitos receberá os três prêmios, em depósitos distintos. Isso vale tanto para o médio regular como para o médio da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Este é o maior programa de repasses de recursos da educação no Brasil que, graças ao empenho do governador Renan Filho, estamos colocando em prática ainda esse ano”, explicou o secretário.

Vale ressaltar que, para os alunos que ainda se encontram em fase de recuperação, o cronograma de pagamento se ajustará após a recuperação ser chancelada pela escola.

Quem já possui conta

Os 62 mil estudantes que já possuem conta – e cujos nomes serão publicados em uma lista no site da Seduc (www.educacao.al.gov.br) nos próximos dias – receberão nas seguintes datas: 27/12 para nascidos em janeiro e fevereiro; 29/12 para nascidos em março e abril; 04/01 para nascidos em maio e junho; 06/01 para nascidos em junho e agosto; 11/01 para nascidos em setembro e outubro, e 13/01 para nascidos em novembro e dezembro.

A movimentação do dinheiro poderá ser feita tanto pelo aplicativo Caixa Tem como também via saque nas casas lotéricas com a presença dos documentos de identificação do aluno (se for maior) ou de seu responsável legal (se for menor de idade).

Quem não possui conta

Os demais estudantes de ensino médio que ainda não possuem a poupança social digital da Caixa precisarão abrir a conta para receber o benefício. Para isso, deverão procurar o seu Professor Mentor e informá-lo seus dados pessoais (nome completo, RG, CPF, endereço). Posteriormente, o Professor Mentor vai repassar essas informações para Seduc via Sistema de Gestão da Educação, o Sageal. Com esses dados em mãos, caberá à Seduc abrir a conta do estudante – em seu nome, se ele for maior de idade, e no nome do responsável legal se for menor. O procedimento de abertura de conta levará, em média, 12 dias.

Aberta a conta, este grupo receberá no seguinte cronograma: 27/01 para os nascidos em janeiro e fevereiro; 01/02 para os nascidos em março e abril; 03/02 para os nascidos em maio e junho; 08/02 para os nascidos em julho e agosto; 10/02 para os nascidos em setembro e outubro, e 15/02 para os nascidos em novembro e dezembro.

Canais de esclarecimento

Para mais informações sobre o Cartão Escola 10, o interessado pode buscar esclarecimento pelo site www.cartaoaescola10.educacao.al.gov.br, pelo e-mail cartaoescola10@educ.al.gov.br e pelos números de whatsapp (82) 99968-2643 e 99968-2623.

Fonte: Agência Alagoas
Cartão Escola 10 vai injetar 165 mil salários mínimos na economia, anuncia governador Cartão Escola 10 vai injetar 165 mil salários mínimos na economia, anuncia governador Reviewed by Ednaldo Júnior on 06:34 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade