Mais de 1,7 mil benefícios de aposentados e pensionistas serão cortados por falta de prova de vida

 

De 11.797 beneficiários que deveriam se submeter à prova de vida, apenas 7.738 atenderam chamado



Um total de 1740 aposentados e pensionistas do Estado terão seus benefícios bloqueados da folha de pagamento de março por conta de pendências na realização da prova de vida.

De acordo com a Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), este número corresponde aos beneficiários convocados pela Superintendência de Previdência (Suprev) para realizar o procedimento ao longo do mês de janeiro e que até esta quarta-feira (9) não haviam se recadastrado.

Segundo a pasta, 11.797 beneficiários deveriam se submeter à prova de vida até 31 de janeiro, mas apenas 7.738 deles atenderam o chamado. A Saeb informou que antes de optar pelo bloqueio, chegou a conceder a ampliação do prazo.

A coordenadora de Relacionamento com o Beneficiário da Suprev, Sílvia Machado, ressalta que a prova de vida é essencial para que o Estado evite pagamentos indevidos e tentativas de fraudes. “Os aposentados e pensionistas com benefício bloqueado podem inclusive ter a sua situação normalizada após cumprir procedimento”, explica, lembrando ainda que o prazo para os convocados do mês de fevereiro encerra na próxima terça-feira (15).

Os interessados podem, inclusive, fazer a Prova de Vida Digital, serviço inteiramente remoto que permite a realização do procedimento de qualquer celular com acesso à internet por meio do aplicativo GOV.BR.

Por bahia.ba

Mais de 1,7 mil benefícios de aposentados e pensionistas serão cortados por falta de prova de vida Mais de 1,7 mil benefícios de aposentados e pensionistas serão cortados por falta de prova de vida Reviewed by Ednaldo Júnior on 06:05 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade